E.V.I

 

 

Oriundo de uma família de montanheses e "pelotari" (jogadores de pelota basca), Amaiur Alfaro escolheu o oceano como local de expressão da sua diferença e do seu talento. Descobre a vela com 8 anos de idade na baía de Socoa, em Saint-Jean-de-Luz, através de iniciativas de iniciação para crianças. Desde então, apropria-se dessa imensidão que é o oceano para fazer dele o seu campo de jogos, seguindo os passos dos marinheiros bascos que marcaram a história do seu território. Aos 17 anos torna-se monitor de vela. Depressa se destaca nas regatas locais no País Basco, as quais despertam pouco a pouco em si a vontade de partir à conquista dos oceanos. Participa então progressivamente em todo o tipo de corridas, até que em 2000 entra na sua primeira travessia do Atlântico de competição (Transat AG2R). Seguem-se cinco participações na prestigiada regata La Solitaire du Figaro (2001 a 2005). Em 2008, Amaiur conhece Lalou Roucayrol. Durante 2 anos, o velejador natural da região do Médoc (ex-skipper do trimarã Banque Populaire) faz dele o seu especialista tático durante provas com veleiros multicascos. Juntos, partem à conquista de um pódio durante a Transat Jacques Vabre. Missão cumprida em dezembro de 2009, com a conquista de um terceiro lugar à chegada à Costa Rica. O encontro entre este basco e Tribord era inevitável, sendo eles vizinhos no porto de Hendaia e, sobretudo, porque se dedicou a partilhar diariamente a sua paixão com o maior número possível de pessoas na sua escola de vela.  Amaïur partilha a sua experiência de skipper oceânico com as equipas de conceção da Tribord ao longo das etapas de desenvolvimento da gama de produtos de vela habitável e testa-os em condições extremas. A parceria que estabelecemos igualmente com a sua École de Voile Internationale permite-nos testar diariamente toda a nossa linha de produtos em situações de utilização, desde a gama de entrada ao topo de gama.

 

 

HAUT DE PAGE