As regras de prioridade no surf/bodyboard

O surf e o bodyboard são bem conhecidos por serem desportos livres, ainda que existam regras de prioridade uma vez na água. Os objetivos são, como é evidente, evitar os acidentes e respeitar as ondas de cada um. Está claro que a regra mais importante é a de saber-viver e da cortesia.

 

Regra n.º 1: as zonas de banhos

 

 não-surfar-na-zona-segurança-surf_

É vivamente desaconselhado e proibido surfar em bodyboard, surf ou SUP nas zonas reservadas aos banhistas. Estas zonas, habitualmente vigiadas pelos nadadores-salvadores da SNSM (equivalente ao ISN), estão assinaladas por avisos em postes de madeira. Evitar essas zonas é evitar os riscos de colisões e de acidentes.

 

Regra n.º 2: a prioridade na onda

 

Regras_de_prioridade_surf

O surfista com a prancha de surf verde que se situa mais próximo da rebentação da onda, o chamado “pico”, é considerado prioritário relativamente ao surfista com a prancha vermelha. Esta prioridade será mantida durante toda a duração da onda: tanto os outros surfistas como o da prancha vermelha não devem começar a navegar a onda.

 

 

Regra n.º 3: assinalar a nossa direção na onda

 

Regras_de_prioridades_direção

Numa onda que rebenta na esquerda e na direita, os dois surfistas são prioritários. O fundamental é comunicar com os outros para indicar a sua intenção de ir pela esquerda ou pela direita. O ideal é indicar aos outros surfistas que desejam surfar a mesma onda e para que lado se dirige. Mais uma vez, as palavras-chave são saber-viver e cortesia.

 

 



Regra n.º 4: os cruzamentos

 

Regras_de_prioridades_cruzamentos

Quando os dois surfistas são levados a se cruzarem numa zona que rebenta para o interior, ou seja, na esquerda e na direita, nenhum dos 2 surfistas tem prioridade. Neste caso, é aconselhável que os 2 surfistas saiam da onda o mais rapidamente possível para evitar a colisão e, por conseguinte, o acidente.

 



Regra n.º 5: o regresso ao "pico"

Regresso_ao_pico





Regresso_ao_pico



Quando acabar de surfar a onda, volte sempre para trás contornando as ondas, sem incomodar os surfistas ainda de pé. Quando as "linhas" de ondas são longas, passe sempre pelo ponto onde a onda está menos côncava (onde não existem surfistas em ação), para evitar a colisão e, por conseguinte, o acidente.

 





Regra n.º 6: queda na zona de impacto

 

queda_zona_impacto



queda_zona_impacto



No caso de queda na "zona de impacto" (o local onde as ondas rebentam), não tente voltar na direção do "pico". Comece por aguardar que as séries passem, permanecendo na espuma, segurando a prancha e regressando de seguida ao "pico" contornando as ondas conforme previamente indicado.







Conselho:

Se acabar por estragar a prioridade a um outro surfista sem se ter dado conta, é aconselhável sair da onda o mais rapidamente possível. Encontrará facilmente estas regras de prioridades nos painéis de acesso à praia ou nas escolas de surf.



 

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Validação
Barbatanas Bodyboard 100 laranja
17,99 €*
3.50 / 5 16 nota
    HAUT DE PAGE